Vereador Maicon Gonçalves - Presidente da Câmara

 

O Legislativo de Minas do Leão, tem se mostrado dividido e com posições muito claras e definidas nas discussões polêmicas, nesta legislatura. Foi assim na votação para implantação do UBER na cidade, onde o presidente, com o voto de minerva, desempate, reprovou a proposta.

 

Na tarde de hoje, a comunidade aguardava com bastante expectativa a posição dos vereadores, com relação a destinação de recursos para a aquisição de vacinas e enfrentamento a Covid-19. Mais uma vez o placar foi de 4 vereadores favoráveis, Léo, Tubuna, Daniel e Cristiano. Contra a proposta, votaram Alceu, Paulo, Renato e Dilon. Mais uma vez, a decisão ficou com o presidente da Casa. E o vereador Maicon barrou a indicação, votando contra.

Nas redes sociais, a comunidade tem mostrado sua contrariedade com a posição de parte dos vereadores, criticando a postura que classifica de interesseira. O vereador Maicon, presidente do Legislativo, mais uma vez precisou votar, o que só ocorre em caso de empate e, conforme manifestação de populares decide contra a comunidade. A proposta era para que os recursos destinados a diárias dos parlamentares fossem revertidas para compra de vacinas. A maioria não quis abrir mão destes valores.

Na eleição de novembro, os eleitores de Minas do Leão elegeram 8 vereadores de situação e somente um de oposição. No entanto os vereadores criaram uma nova divisão. As bancadas estão divididas entre os novos, com primeiro mandato e os vereadores reeleitos.