Ao longo de nossa vida vamos nos deparando com pessoas de má índole que vivem praticando as mais variadas maldades. As vezes estas pessoas estão bem perto de nós, vizinhos, colegas de trabalho e até parentes, mas se quisermos ver o retrato das mais variadas formas de ruindade é só ligarmos o rádio ou televisão.

Principalmente são alvos de maldades as pessoas que tentam fazer o bem, pois sempre que vamos ajudar outrem a se erguer, a melhorar as atitudes perante a vida, a ensinar meios para os enfrentamos, vamos nos deparar com interesses de pessoas ou grupos que tentam conquistar espaço na base da violência. É assim que vemos hoje as facções que tomam conta de espaços nas cidades e até em extensão territorial.

Mas toda essa preocupação em dominar espaços está atrelada ao poder econômico, ambição, onde muitos vivem do tráfico de armas, drogas, e outros ilícitos que rende quantia considerável, e o Estado tem dificuldade de enfrentar. Na realidade ninguém vem ao mundo predestinado a praticar o mal. Isso passa a ser uma opção após o nascimento.

Quando estamos ainda na espiritualidade fazemos opções para após o nascimento na carne sermos vitoriosos e assim resgatar fatos acontecidos em outras vidas. As vezes escolhemos um lar que vive em desequilíbrio, mas não quer dizer que vamos sucumbir ali, pois se fosse assim ninguém conseguiria ser boa pessoa.

O nascer na pobreza é uma provação, que enfrentada com paciência e fé certamente obteremos êxito, pois não estamos abandonados, e se o fardo é pesado vamos receber em algum momento da vida o socorro do Pai Maior, basta que sejamos perseverantes.

O aportar num lar abastado, “berço de ouro”, onde vamos herdar benefícios financeiros sem muito esforço, também é uma grande provação, pois teremos de empreender muita energia para conseguir manter a fortuna, além da missão que trazemos de ajudar o próximo, já que nada na Terra é nosso, pois tudo nos é dado por empréstimo. Se vemos muitas pessoas que estão na miséria descambando para a droga, também vemos muitos abastados financeiramente que também são dependentes e recebem em seus grandes gabinetes a cota de ilícitos.

Então Jesus nos convida através do Evangelho, seguirmos os Seus ensinamentos, perseverando no bem, possibilitando assim evolução e cumprir as metas na Terra. Força amigos!