Dorotéo Fagundes

 Buenas meu pago, reverenciado nas páginas das datas comemorativas profissionais e sociais no Livro Agenda Gaúcha, lembramos que nos dias: 03 é do Administrador Pessoas; 04 Mundial Contra a Agressão Infantil; 05 Mundial da Ecologia e do Meio Ambiente; 07 Nacional da Liberdade de Imprensa; 08 do Citricultor; 09 Dia do Pão; Assim agradecendo à Deus o privilégio de escrever e de ser lido, o invoco pela força que vem do interior, para dizer sobre ECOLOGIA e MEIO AMBIENTE!

Para quem foi Escoteiro como eu, esses temas não incomodam, por que Baden Powell quando fundou o escotismo em 1907, baseou seu trabalho e filosofia do movimento em defesa da natureza, logo todo escoteiro é um defensor dos seres vivos, cientes de que estão todos ligados, (humanos, animais, vegetais e minerais), daí o preserva-los, é garantir a sustentabilidade planetária.

Por isso um escoteiro não joga lixo ao léu, abre uma fossa e o enterra; não corta e nem coloca prego numa árvore porque a fere; para fazer o fogo de cada dia, junta as lenhas secas do chão, que naturalmente caíram por árvores velhas, por raios, tormentas; um escoteiro se tiver que retirar uma árvore do seu habitat, só sendo por ultra necessidade, e deve plantar duas iguais; o escoteiro não defeca n’agua!

Assim poderíamos ocupar toda a coluna com esses exemplos básicos de cuidado com a vida, que o homem urbano, moderno, tido como civilizado, não se preocupa, pois pouco importando o resto se ele estiver bem. Isso se chama de egoísmo, e esse tipo de gente acaba sempre mal, porque não tem respeito e sofrerá consequências graves, porque tudo está ligado. Acredite, embora sejamos uno como pessoa, estamos conectados física e espiritualmente com o todo, certo de que toda ação gerará uma reação, boa ou má, dependerá do tipo da atividade.

Em nosso caso estadual, vejam que o Rio Grande do Sul até 1900 tinha 2/3 de mata nativa em seu território, e chegou no século 21 com apenas 2% do território nativo, no mundo não foi diferente, 75% das florestas naturais foram ceifadas e com isso a humanidade vai a passos largos ao seu extermínio, porque está literalmente mudando para pior o meio ambiente. Sem árvore não tem fotossíntese, não chove e a vida não se renova na seca, é bem simples de ver, mas difícil de se convencer. Um ser egoísta prefere derrubar uma árvore do que plantar, ele prefere acreditar que os recurso naturais são inesgotáveis.

O meio ambiente terreno, naturalmente nos oferece os recursos necessários à nossa sobrevivência, e para isso continuar sendo real, é preciso que cuidemos da nossa casa planetária, no entanto vamos agravando os problemas por falta de consciência ecológica, poluindo a atmosfera, as águas, desmanchando montanhas, degradando o solo, comprometendo a qualidade de vida das espécies como um todo.

Essas ações resultam na mudança climática, na alteração do ciclo natural dos animais, da redução dos alimentos, aumentando os problemas sociais que dinheiro nenhum resolverá, porque logo não haverá mais os recursos naturais.     

Para pensar: O homem é o único bicho que destrói seu habitat, e se acha racional! 

Deixe seu Comentário